Escrituras Sagradas - FamíliaJMJ 25Mar2021

Iniciado como VivaJesusBr, em: 15/01/2002
Vivaldo Armelin Júnior
Nova denominação: 25/01/2021
FamíliaJMJ (Jesus, Maria e José)
Ir para o conteúdo

Escrituras Sagradas

• A IGREJA CATÓLICA
Índice
(Em ordem de lançamento.)
Sagrada Bíblia 13 - Gênesis 1 Sagrada Bíblia 12 - Como a ler? 4 Sagrada Bíblia 11 - Como a ler? 3
Sagrada Bíblia 10 - Como a ler? 2 Sagrada Bíblia 09 - Como a ler? 1 •
Sagrada Bíblia 04 - Antigo e Novo Testamento 04 Sagrada Bíblia 03 - Antigo e Novo Testamento 03
Sagrada Bíblia 02 - Antigo e Novo Testamento 02 Sagrada Bíblia 01 - Antigo e Novo Testamento 01 •
Sagrada Bíblia 03 • Sagrada Bíblia 02 • Sagrada Bíblia 01 • Sagrada Bíblia - Introdução 01
Bíblias 13 - Gênesis 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Abr./22
— Gênesis
 
• Trata-se do primeiro Livro do Antigo Testamento e esta palavra vem do grego e significa origem, geração, criação, nascimento... Esta denominação não ocorreu por acaso, esta primeira parte da Bíblia, Antigo Testamento, que descreve a origem de tudo, como: separação da terra da água, da vida animal terrestre e aquática, da luz, do universo, da vida humana, da fé e do pecado etc.
 
• Foi escrito provavelmente entre 596 até 538 a.C. e que descrevem do capítulo 1 ao 11 a origem do mundo, ou melhor, do universo, da vida e do ser humano, muitos destes escritos foram realizados de maneira simbólica, portanto, não histórica ou científica.
 
• A segunda parte, dos capítulos 12 a 50, descreve a evolução, organização, concretização histórica, de fé e cultural do povo judeu. Amém!
Bíblias 12 - Como a Ler? 04
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Mar./22
• Vamos falar um pouco sobre o A.T. (Antigo Testamento) para que seja possível entender o N.T. (Novo Testamento), o A.T. é iniciado com cinco Livros Sagrados denominados "Pentateuco" (da palavra grega "Pentateuchos" = o livro com cinco volumes), são eles: Gênesis (origem), Êxodo (saída, libertação), Levítico (Leis), Números (recenseamento) e, por fim, Deuteronômio (segunda Lei).
• Esses Livros Sagrados para os judeus ganha o nome "Torá" (Leis) e são muito respeitados e lidos por este povo abençoado e escolhido por Deus, portanto não há como analisar e tentar entender o N.T. sem antes entender como tudo começou. É importante frisar que o povo judeu tinha e tem o hábito de escrever, registrar e documentar sua história, sua fé, suas conquistas e até suas derrotas.
• Estes cinco Livros são a base para toda a fé judaica e cristã, primeiro porque a Igreja Católica entende que o A.T. é continuado pelo N.T., segundo porque José, Maria e Jesus eram seguidores da fé judaica e seguiam fielmente todas as Leis. terceiro aspecto é que Jesus e os próprios Apóstolos os citam em diversas oportunidades.
• Outra informação importante, estes Livros Sagrados não entram em confronto ou desmentem as ciências, na realidade eles as completam e facilitam o entendimento delas. Quem diz que eles transmitem informações fantasiosas se engana, pois muito do que está escrito teve comprovação científica, seja em relação ao ser humano ou em relação à geografia, história, localidades (cidades), povos, acontecimentos etc.
• Um dos maiores problemas destes Livros Sagrados é que são de difícil entendimento, pois não basta uma simples leitura destes, é preciso e necessário um estudo da geografia da época, mapas, hábitos, costumes, cultura, alimentação, organização social, as demais crenças (em mais de um deus, por exemplo), como eram organizadas as famílias, a produção de alimento, a divisão das terras, a hidrografia, veja que não é a mesma coisa que a leitura de um livro literário comum. É por esta razão que muitos ao interpretarem estes cinco Livros Sagrados erram feio e levam a informações desastrosas e até inconsequentes. Cuidado, consulte, pesquise, analise e confronte sua análise com as informações vindas do Sagrado Magistério da Santa Igreja de Jesus Cristo, bem como da Sagrada Tradição Apostólica, além das Bíblias (A.T. e N.T.), um documento importante é o Catecismo da Igreja Católica, aprovado pelo então Papa e hoje São João Paulo II. Amém!
Bíblias 11 - Como a Ler? 03
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Fev./22
• Ao ler a Bíblia, Novo Testamento, não podemos fazê-lo dissociado do Antigo Testamento, como já foi destacado anteriormente (Mt 5,17), o primeiro Testamento é continuado no Segundo. Eles não são separados. E aí é preciso entender três fatores importantes para que haja uma interpretação correta dos Testamentos, existem outros, não menos importantes, que serão abordados futuramente, o primeiro é conhecer a História do Povo Judeu, o segundo, a geografia da região e o terceiro a cultura judaica.
• O não entendimento destes três fatores pode conduzir ao achismo e a interpretações erradas. Compare um mapa da região e os limites territoriais na época de Jesus, os povos vizinhos, as condições climáticas, por que os israelitas foram para o Egito? Quem foi José e por que trabalhou para os egípcios? Como viviam os egípcios? Após a morte de José o que ocorreu com o povo judeu no Egito? Quem foi Moisés? O que foi o Êxodo? Por que fugiram do Egito e quantos anos durou esta viagem até a terra prometida? Por onde passaram? Qual era a cultura do povo egípcio e qual era a sua fé, em um ou mais deuses? Quem era o faraó? O que é ser um escravo? Durante a escravidão a cultura e fé do povo egípcio interferiu na cultura e fé do povo judeu? Quem foi a mãe de Moisés? Como ela vivia? Em que época tudo isso ocorreu? O que foi a revelação das Leis, ou seja, dos Dez Mandamentos de Deus? O que aconteceu durante a fuga? Foi tudo perfeito?
• História, Cultura e a geografia, que não é só relevo, clima e localização geográfica, não poder ser esquecidos. Ler os Sagrados testamento deve ser acompanhado de uma grande pesquisa sobre estes fatores. Não é possível uma análise completa e verdadeira caso esta ocorra colocando todos os fatores em paralelo aos dos nossos dias, ou seja, compará-los. É preciso entender a cultura da época e porque agiam daquela maneira. Amém!
Bíblias 10 - Como a Ler? 02
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Fev./22
• Ao ler as Sagradas Escrituras é preciso entender que você não estará lendo dois livros, Antigo e Novo Testamento, na realidade são vários livros, em ambos os Testamentos são no total 73 livros, sendo 46 do A.T. e 27 do N.T. A leitura não deve ser como se lê um livro literário, artístico, histórico, pois, apesar do número de livros (73), todos estão ligados, por isso, é muito importante ao ler o Antigo Testamento ter a seu lado o Novo Testamento, pois neste são citadas várias passagens do A.T.
• Como já disse anteriormente é bom ter uma fonte confiável de informação, pois, do contrário, haverá o risco de interpretá-los erradamente, como ocorre com muitos irmãos cristãos não católicos. Muitos filmes distorcem as informações contidas nas Sagradas Escrituras, por exemplo, quando falam da gravidez de Maria pelo Espírito Santo, quando chegam a afirmar que ela passou por inseminação artificial, por isso ocorreu uma gravidez virginal. Pesquisar antes de acreditar no que vê. As duas Bíblias são formadas por vários livros, como já destaquei, a questão é que eles são sagrados e foram escritos, por humanos, pela inspiração vinda do Espírito Santo. Então, não caia na desinformação, como já destaquei em outra matéria, o Catecismo da Igreja Católica, de São João Paulo II é uma excelente fonte. Amém!
Bíblias 09 - Como a Ler 01?
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Jan./22
• A leitura das Sagradas Escrituras não deve ser feita de maneira simples ou como se lê um livro literário, é preciso além da atenção fazer uso de outros documentos para entendê-la, o Catecismo da Igreja Católica é um deles. Outro fator importante e necessário para evitar interpretação errada, como infelizmente alguns irmãos de outras Igrejas cristãs que leem um parágrafo e tiram conclusões a partir dele sem completar a leitura dos demais parágrafos.
• Para entender as Bíblias é preciso ter conhecimento histórico e geográfico, analisar cada uma das palavras nela contida para não haver dúvida ou entendimento errado, por essa razão ér importante ter um dicionário comum ao lado e um com explicações vindas da Santa Igreja.
• Não ler com pressa, assistindo TV, filme ou outra distração, se colocar uma música ouça-a com som baixo e evite músicas barulhentas, o ideal é uma música suave e instrumental. Compre livros ou pesquise na internet em sites católicos informações sobre o que estará lendo, mas cuidado, tem sites que não são da Igreja Católica, mas sim de outras Igrejas que interpretam as Escrituras Sagradas de maneira a atender seus interesses próprios, geralmente financeiros. Nos sites de distribuição de vídeo on demand e até ao vivo, publicados por igrejas católicas, por padres, freiras, TV católica e até TV online, tem muita informação importante.
• Então, podemos concluir que, a leitura de um texto bíblico não é para relaxar, mas sim para meditar. Amém!
Bíblias 08 - Antigo e Novo Testamento 05
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Out./21
• A Palavra de Deus, seja no Antigo ou Novo Mandamento é viva, concreta e sempre atual e quando seguida recebe-se os dons do Espírito Santo. O mais interessante é que a Palavra de Deus é completamente grátis e repleta de seu amor de Pai.
• No momento que se tem contato com a Palavra, seja por meio das Bíblias, Novo e Antigo Testamento, pelas palavras de um sacerdote ou de um leigo, de um filme, de uma música, nosso coração é inundado pelo amor do e de Pai.
• A Palavra de Deus não é uma publicação, um texto impresso em papel ou na tela de um computador, em um livro eletrônico, mas sim, tem toda força de Seu amor para conosco, seres humanos e mortais. A Palavra é LUZ, uma luz que ilumina o caminho daquele e daquela que crê, que ama a Santíssima Trindade, portanto, abre as portas para a salvação e a vida eterna. Amém!
Bíblias 07 - Antigo e Novo Testamento 04
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Set./21
• Todo aquele ou aquela que efetivamente crê na Palavra, seja por meio da leitura e reflexão do Antigo ou Novo Testamento é ouvido pela Santíssima Trindade recebe de Deus os dons do Espírito Santo. A Palavra de Deus é eficaz, transformadora e santificante, nos trás o perdão e o amor do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
• As escrituras Sagradas são a fonte para que possamos conhecer a Santíssima Trindade Una, nosso único Deus e Pai, portanto, aquele ou aquela que não conhece ambas as Bíblia, não conhece o Pai, não conhece o Filho e não conhece o Espírito Santo. Uma realidade muito comum nos nossos dias e que não nos leva à salvação, pois tudo ocorre distante da fé, mas sim, bem próximo do mal, com predominância para os interesses pessoais, mesquinhos, individualistas, materiais, exploradores, e não, para a caridade, amor, fé, solidariedade, compaixão. Essa realidade distancia o ser humano do "bem" e aproxima de maneira perigosa do "mal". Reflita nesta questão, e, com cuidado responda a esta questão: - "De que lado você está?". Amém!
Bíblias 06 - Antigo e Novo Testamento 03
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Jul./21
• As Escrituras Sagradas são formadas por duas Bíblias, a do Antigo testamento e a do Novo Testamento, apenas, não existem outras Bíblias na fé cristã e na Santa Igreja Católica. Infelizmente alguns irmãos e irmãs de outros grupos religiosos cristãos insistem em afirmar que o Catecismo Católico é uma nova Bíblia. Na realidade o Catecismo da Igreja Católica é um documento que explica ambas as Escrituras, as Leis de Deus, as Leis da Igreja, os Sacramentos, e outros temas.
• Cremos que as duas Bíblias são a verdadeira Palavra de Deus e não apenas um texto escrito por seres humanos e, na verdade, tudo ocorreu das mãos de humanos, mas por inspiração do Espírito Santo de Deus.
• Aquele ou aquela que condena o povo judeu pela morte de Jesus precisa saber que foram eles que guardaram os textos do Antigo Testamento, os responsáveis pela morte de Jesus estavam nos templos, pois não o reconheciam com Filho de Deus. O povo judeu acolheu Jesus e o agradecia de diversas maneiras. É muito importante sempre se lembrar destes pequenos detalhes, São José, Santa Maria e até Jesus faziam parte da fé judáica. Amém!
Bíblias 05 - Antigo e Novo Testamento 02
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Jul./21
• As Bíblias, Antigo e Novo Testamentos contém a Palavra de Deus, portanto, não foram seus escritores que criaram, mas os que registraram por inspiração do Espírito Santo, e as Palavras nelas contidas tem uma função muito importante, a de proporcionarem a reflexão, o amor a Deus e desenvolver a fé.
• É possível observar isso na Tradição Apostólica, ou seja, nos exemplos que chagaram até nós deixados pelos Apóstolos de Jesus. A Palavra de Deus é como uma sementinha que é semeada e com o passar do tempo crescerá, produzirá folhas, limpará o ar e se tornará uma grande árvore, ou ainda, uma pequena planta que servirá para nos alimentar.
• Como árvore produzirá grande número de galhos e muitas folhas, em outras palavras, espalhará a Palavra de Deus pelo mundo, como pequena planta alimentícia, nos alimentarão para o caminho da salvação, é o alimento para a vida eterna.
• Não é um documento literário qualquer, não é um romance, não é um livro histórico, como muitos acreditam, são sim, as informações produzidas pelo Pai para que sigamos, entendamos e pratiquemos. Estas são as armas de Deus para nos salvar, elas não matam e nem fazem sofrer, mas sim nos conduzem pelos caminhos da felicidade eterna. Amém!
Bíblias 04 - Antigo e Novo Testamento
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Abr./21
• É interessante que entender o Antigo Testamento (A.T.) para que seja possível realmente entender o Novo Testamento (N.T.), por quê? No A.T. foram feitas muitas previsões sobre a vinda do Senhor o Nosso Deus em carne e osso. Um exemplo são as profecias de Jeremias, entre outros.
• O A.T. é o início da fé cristã, é ele que nos prepara para a vinda de Jesus Cristo e um detalhe importante, não tente interpretá-lo lendo num único parágrafo, entenda o contexto do trecho que que está sendo lido. O Magistério da Santa Igreja nos orienta desta maneira. É comum dizer por outras denominações cristãs que as imagens são proibidas, sejam em igrejas, em casa e nas praças... Para estes, sua base resume-se a uma linha onde Deus, diante de um contexto maior diz que é "proibido adorar ídolos" e nós católicos não adorámos ídolos, adoramos a Deus. As imagens para nós são uma referência visual e até tátil, mas temos plena consciência de que elas são apenas uma representação.
• Durante o Êxodo os israelitas que não tinham a fé necessária em dado momento constroem um ídolo de ouro, esse sim é proibido. Moisés, ao retornar com os Dez Mandamentos se depara com aquele absurdo. Esse absurdo não foi um "privilégio", ainda hoje tem pessoas que não tem fé e denigrem a imagem da Santa Igreja, infelizmente, até alguns religiosos.
• Teria outros exemplos, mas vou destacar um último exemplo que é muito mau interpretado, no A.T. fala-se na vinda do Emanuel, mas este nome significa "Deus está conosco". Você entendeu a importância de estudar também o A.T. Evitar interpretações errôneas, como esta última, dita por alguns que a Bíblia (A.T.) está errada tudo porque o Filho de Deus recebeu o nome de Jesus. Pense nisso! Amém!
Bíblias 03
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Mar./21
• Recordando: a palavra “evangelho” significa “boa-nova”, de acordo com a Bíblia, Novo Testamento, da Editora Santuário.
• O Evangelho não é um livro literário, histórico ou de fábulas, mas sim das “Boas-novas”, da Palavra de Deus. Também não é um livro biográfico, nele até tem a biografia de Jesus, mas o mais importante são suas mensagens, ensinamentos, gestos e ações de Jesus Cristo e a revelação dos Mistérios de Deus. Tudo em favor da salvação e santificação do ser humano.
• Nele o foco principal é a Ressurreição de Jesus Cristo. As revelações estão presentes no Antigo Testamento, como foi destacado pelo próprio Jesus Cristo, o que Ele fez foi explicá-las por meio de parábolas, curas, milagres e ao expulsar demônios.
• Aquele ou aquela que lê a Bíblia, Novo Testamento, tem que ter consciência da importância da Ressurreição, mas não pode se esquecer que ela é a continuação do Antigo Testamento, produzida e guardada pelo povo judeu, onde em diversas narrativas é prevista a chegada do Senhor pelo Profetas.
• Ao ler o Novo testamento é conveniente ter ao lado ou no mesmo Livro o Antigos Testamento, pois essa ação facilitará o entendimento e a santificação, consequentemente a salvação.
• Todos os fatos e acontecimentos narrados nos Evangelhos nos levam à Ressurreição e cada Evangelista teve a sua maneira de descrever, porém o conteúdo principal é o mesmo.
• Para finalizar, a leitura da(s) Bíblia(s) deve ser reflexiva, contemplativa, agradecendo e saudando a Santíssima Trindade e, também, seguida de uma autocrítica. Amém!
Bíblias 02
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Mar./21
• Para que um fiel possa entender as Sagradas Escrituras é preciso entender como estes Livros Sagrados foram escritos. Ter conhecimento histórico e cronológico da história. Outro fator importante, que ninguém deve desprezar, ter em mãos um dicionário, o melhor é ter um religioso, outra publicação de grande auxílio é o Catecismo da Igreja Católica.
• Os aspectos literários, históricos, doutrinal, educativo e cristão são importantíssimos para que tenhamos um bom entendimento, todo de acordo com o Sagrado Magistério da Santa Igreja.
• É preciso entender as três estruturas de sustentação da fé e caminho da salvação da Santa Igreja Católica Apostólica Romana, as Bíblias, o Sagrado Magistério e a Sagrada Tradição Apostólica. Nenhuma outra Igreja cristã tem esta estrutura, e nenhuma outra foi criada por Jesus Cristo.
Bíblias 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Mar./21
• É interessante que tem muitos seres humanos que colocam as Sagradas Escrituras como um documento falso e se apegam em detalhes que não condizem com a realidade. Uma vez ouvi de uma pessoa que não é verdadeira a previsão da vinda de Jesus Cristo, pois no Antigo Testamento aparece o nome Emanuel. Emanuel significa "Deus está conosco", originária da palavra hebraica Immanuel. A própria palavra já responde a esta afirmação, era denominado de Emanuel porque Deus, na Pessoa do Filho, estaria no meio de nós humanos. Tudo que li e ouvi conduz para este pensamento, sem falar que a Santa Igreja estuda as Escrituras a mais de 2000 anos.
• Jesus veio para reforçar a Palavra de Deus, humano e, também, Deus. Ele nos trouxe o amor. A palavra de Deus é a de Jesus, que viveu entre nós. Em nenhum momento Jesus desprezou o Antigo Testamento, muito ao contrário, suas palavras em várias oportunidades reportam para a Bíblia do A.T. E Ele cumpriu sua missão aqui na terra, amando-nos, sem restrição. Amém!
Introdução 01
Por: Vivaldo Armelin Júnior - Fev./21
• As Sagradas Escrituras, ou seja, as Bíblias, foram escritas por seres humanos, mortais, mas sob uma condição muito especial, inspirados pelo Espírito Santo de Deus. São relatos e experiências vividas pelos escritores, mas que não inventaram, como ocorre em um livro literário.
• É preciso destacar que as Bíblias não foram escritas como um documento histórico ou literário e não possuem uma sequência cronológica em relação a datas. Nela aparecem locais e localidades, são citados nomes de reis, líderes romanos, líderes do templo, mas, reforçando, não tem uma cronologia definida.
• As Escrituras Sagradas foram preservadas graças ao povo judeu, que tinham por hábito registrar sua vida. São Livros independentes, porém, organizados pela Santa Igreja Católica, a mesma usada por outros denominações cristãs.
• A Santa Igreja, a Igreja de Jesus Cristo, ou seja, a única criada por Ele, outras denominações foram criadas por seres humanos, estudou diversos livros e dentre eles definiu os canônicos e os apócrifos. Canônicos são aqueles que, por inspiração do Espírito Santo, relatam a Palavra e a Verdade. Os apócrifos são aqueles que tem informações não corretas ou exageradas.
• Boa leitura! Fique com Deus!
Voltar para o conteúdo